domingo, 20 de maio de 2012

Shiryu feelings (1994)

Essa é de 1994, na época que eu era magrinho e cabeludo.
Nessa época, a gente só sabia que a foto tinha ficado embaçada depois da revelação! ahahhahahaha

sábado, 19 de maio de 2012

TOP 5 - Promessas de Aventuras Medievais que não convenceram


Se no post anterior eu elegi os 5 melhores filmes passados na Idade Média, dessa vez a lista conta com filmes que tinham tudo para dar certo (ou quase tudo), mas que, por algum motivo bizarro, não decolaram.

1. Kingdom of Heaven (Cruzada)
Superprodução dirigida por Ridley Scott, filmada em Marrocos, com bons atores, excelente figurino e um polpudo orçamento na faixa dos US$130 milhões. História é bem feita, os cenários magníficos, existem alguns personagens maneiros, mas... É impressionante como esse filme não decola. Apesar das cenas de batalha, o filme parece sempre estar se arrastando. Uma pena. Dormi no cinema, dormi em casa e uso como remédio para insônia.


2. Jeanne d'Arc (Joana D'Arc de Luc Beson)Outro filme que parece que vai bem no início e do nada descamba. O elenco é bem maneiro, com destaque para a linda Milla Jovovich no papel da heroína e John Malkovich vivendo o Rei Charles VII. As cenas de cerco são muito bem feitas e não falta sangue. Só que, do meio para o fim, o filme vira realmente um filme europeu de arte. O ritmo é completamente quebrado pela insanidade da "Santa Guerreira" e pela aparição de Dustin Hoffman, no papel da "consciência" de Joana D'Arc.



3. King Arthur (Rei Arthur)Aguardei ansiosamente a estréia desse filme no cinema, pois havia acabado de ler As Crônicas de Arthur, de Bernard Cornwel. Mas o resultado foi frustrante. Fora uma cena ou outra, o filme é uma catástrofe. E não foi por falta de orçamento e sim por falta de competência de diretor e roteirista. Pensei que um filme sobre esse tema com os recursos atuais e uma boa verba iria chutar bundas, mas não foi bem isso que aconteceu. Nem Clive Olwen, nem Keira Knightley conseguiram salvar a diversão.



4. Pathfinder (Desbravadores: A Lenda do Guerreiro Fantasma)Filme de vikings é sempre uma promessa, mas poucos se desenvolvem o bastante para serem lembrados com contentamento. Esse é um dos que eu esperava alguma coisa e nada aconteceu. Ou melhor, aconteceu, mas foi tão ruim que é melhor não lembrar. Vikings com capacetes de chifres gigantes já me irritam, mas a caracterização dos vikings nesse filme leva-nos crer que são ogros ao invés de seres humanos. Acho que não consigo eleger sequer um ponto positivo desse filme. Se lembrarem, me avisem por favor.



5. A Knight's Tale (Coração de Cavaleiro)
Imagine um filme com o "Coringa" Heath Ledger, baseado em um dos contos mais tradicionais da Inglaterra (The Canterbury Tales). Imaginou? É, mas na sua cabeça ele é bem melhor, porquê não foi assim que ele foi feito! A começar pelo início do filme que toca We Will Rock You, do Queen. Nada contra o Queen! Aliás, acho a trilha sonóra de Highlander muito boa, mas não combina! O filme não decola, não há sangue e a trilha continua comprometendo no resto da trama, misturando elementos modernos com medievais. Enfim, tinha tudo para ser um ótimo filme, mas não foi!


sexta-feira, 18 de maio de 2012

TOP 5 - Filmes de Aventura Medievais

Atendendo ao pedido do amigo @brunovox23, vou postar dicas de filmes aqui. Para começar, meu TOP 5 filmes de Aventura Medieval.

1. Braveheart (Coração Valente)
Épico de 1995, dirigido e estrelado por Mel Gibson e ganhador de 5 Oscars. Situado no final do século XIII, o filme conta a história (ainda que deturpada) do herói escocês Willian Wallace e sua luta pela independência da Escócia. Cenas de batalhas sensacionais e personagens marcantes como Campbel (James Cosmo), o velho indestrutível, o odioso Rei Edward I, Longshanks (Patrick McGoohan), Stephen (David O'Hara), o irlandês maluco que fala com Deus e Hamish (Brendan Gleeson), leal companheiro do herói. Destaque para o discurso de Willian Wallace para motivar as tropas prestes à desistirem de uma batalha contra o exército inglês.



2. Ironclad (Sangue e Honra)
Produção inglesa de 2011, tem como principal atrativo as cenas brutais e realistas. O filme se desenvolve durante a Guerra dos Barões na Inglaterra e conta a história do cerco ao Castelo de Rochester, onde Cavaleiros Templários estão refugiados e não pretendem se render. O ator principal desse filme é James Purefoy, veterano de outros filmes (não tão bons) do gênero, como Coração de Cavaleiro, O Cavaleiro e o Dragão e Solomon Kane.



3. Arn, The Knight Templar (Arn, o Cavaleiro Templário)
Não li o livro (de Jan Guillou), mas quem leu diz que o filme não chega aos pés. De todo modo, Arn é um filme interessante. Conta a história de um jovem nobre suéco que se torna cavaleiro templário que vai à guerra nas cruzadas e, tempos depois, volta para sua terra para resgatar sua paixão e lutar pela liberdade do país. Interessante que é uma produção conjunta entre os países escandinavos, Finlândia, Alemanha e Reino Unido. Arn tem um segundo filme que se chama Arn - The Kingdom at Road's End.



4. 13th Warrior (13º Guerreiro)
Tudo bem, um monte de gente vai me crucificar por causa desse filme, mas acho ele bem divertido, além de a caracterização ser excelente. Acho até que o Antonio Bandeiras no papel principal não compromete. Não obstante, acredito que eu esteja sozinho nessa, haja visto que o filme foi um fracasso de bilheteria. O filme reconta, de maneira fantasiosa (inclusive misturando ingredientes de Beowulf), os relatos de Ibn Fadlan, que tomou contato com os vikings que dominaram a região do Volga e do Dnieper nos anos 800.



5. Robin Hood
Estamos falando do Robin Hood de Ridley Scott, com o gladiador Russell Crowe e a rainha elfica Cate Blanchett. Uma história diferente sobre o mítico fora-da-lei britânico. Mais fiel à história (por exemplo, o Rei Ricardo Coração de Leão não volta à Inglaterra, pois morre em batalha), mais bem produzido e com mais ritmo. Entretanto, o filme não é uma, nem de longe, algo de se "explodir a cabeça". Tem muito romance, não chega a empolgar e, para ser sincero, entra aqui mais por falta de opção, do que por mérito. Incrível como a maioria dos filmes que retrata a Idade Média é mal executado.



Em breve (ou não) essa lista terá mudanças. Isso porque a produtora inglesa Independent está finalizando um projeto para rodar Azincourt, um filme baseado no livro de Bernard Cornwell que conta a história da batalha de mesmo nome. Esse filme promete entrar para a lista para tirar Robin Hood.

Próximo post: TOP 5 Promessas de Aventuras Medievais que não decolaram.
Tag: Medieval, Aventura, Filme, Épico, Espada, Guerra, Movie.

domingo, 13 de maio de 2012

Aniversário do Jack - 24.04.1991

















Azaghal e Tucano na foto. Não reconheceu? Olhe de novo! Direto do túnel do tempo!
 
Clicky Web Analytics