domingo, 4 de julho de 2010

Por quê Dunga?

Vou explicar aqui porque estou na contra mão do senso comum brasileiro. Em primeiro lugar é porque eu não costumo ver televisão, então fico um pouco mais isento da opinião nojenta da Globo.

Em segundo lugar gostaria de lembrar da Copa passada. Fenômeno, Imperador, RC, Gaúcho, etc. Arrisco dizer que desde 1982 o Brasil não reunia um grupo de jogadores tão habilidosos e renomados. Lembrem do Quadrado Mágico. Lembrem do 3 x 1 em cima da Argentina em Belo Horizonte. Mas lembrem-se também do que aconteceu na Copa.

De que adianta um grupo cheio de craques que se apresentam fora de forma, que fazem festa ao invés de concentração, que se embriagam e jogam sem condições?

De que adianta um técnico experiente e vitorioso(Parreira)se é permissivo e fecha os olhos para o abuso? De que adianta um técnico renomado que deixa os repórteres entrarem em campo durante o treino, transformando o que seria a preparação da equipe em uma verdadeira Disneylandia jornalistica?

Pois bem, quando o Dunga foi chamado para treinar a seleção eu torci o nariz. Mas depois entendi que ele tinha o perfil para acabar com aquela bandalheira. Acabar com a falta de comprometimento. O outro que tinha o perfil para a missão era Felipão, que até então, tinha definido que não voltaria para a Seleção enquanto o Ricardo Teixeira lá mandasse.

E o Dunga fez isso. Renovou a seleção. Retirou o câncer que estava encrustado no coração da seleção. Chamou jogadores medianos, mas não abandonou quem era portador do futebol arte. Robinho, Elano, Kaka, Julio César, Maicon, Lúcio...

E o Dunga fez mais. Ganhou a Copa América, ganhou a Copa das Confederações, classificou o Brasil em primeiro lugar nas eliminatórias e teve o melhor retrospecto entre os treinadores brasileiros. Além disso, peitou a Globo. E isso foi seu maior erro.

Eis que dois jogadores despontam para o Brasil jogando um futebol arte, futebol moleque, futebol bonito. Ganso e Neymar surgem com incríveis partidas contra Ituano, Monte Azul, Grêmio Prudente, etc. E, os 190 milhões de técnicos brasileiros clamam uníssonos as alcunhas das revelações. Meninos da Vila na seleção!!!

Fácil a situação: dispense 2 jogadores que acompanharam a seleção durante 4 anos e coloquem esses dois novatos no lugar. Aliás, não precisa ter experiência na seleção, afinal jogador bom, joga bem na seleção e no clube, né? Que o diga Rivaldo, Giovanni e até o Ronaldinho Gaúcho.

Só tem uma coisa que as pessoas também não sabem. O Neymar, por exemplo, ja jogou um mundial pela seleção. Foi a sub 17 de 2009 e ele foi até a fase classificatória (opa, é a primeira fase). Pena que o Brasil não fez bonito. Foi um sofrido 3 x 2 no Japão e duas derrotas para México e Suiça! Pena também que, por exemplo, contra o México, o Neymar não jogou nada e foi substituído. Talvez ele jogue melhor contra os mais velhos! Talvez ele não seja assim um salvador da pátria!

Mas o Dunga perdeu a Copa. Na cabeça da maioria, simplesmente porque não levou Neymar e Ganso. Talvez até porque não tem experiência. Ou porque é muito teimoso. Pera aí, Parreira e Felipão eram menos teimosos? Acho que não! Mas o Dunga perdeu a Copa. Isso basta para crucificação.

Enfim, talvez o Dunga não seja um gênio (tenho certeza que não é), mas eu prefiro perder a Copa desse jeito, do que por causa dos fanfarrões da Copa passada. E para o lugar do Dunga, eu lanço a campanha do Dorival Junior, que com certeza vai fazer a torcida mais feliz (ao menos a dos Santistas).

30 comentários:

Yvis Tomazini disse...

Exatamente a minha opinião, sem tirar nem por.

O povo é foda tem só um "slot de opnião". Se ganha AMA se perde ODEIA.
A massa não raciocina...

Paranoid Android disse...

Taí. Concordo com gênero, número e grau. Sobre a Globo... não acredito que ela mudará. Será sempre assim.

Não acho nem um pouco que foi culpa do Dunga. Ele poderia mudar a estratégia durante o jogo, mas de nada adiantaria mudar a estratégia/estrutura/esquema no campo, se os jogadores não tivessem mantido a calma. Só lamento.

Mas é isso aí. Felizmente, minha vida não é futebol e meus dias não ficarão mais tristes. Mas não nego que a Argentina ter levado de 4 me deixou feliz =)

Arthur Martins disse...

Compartilho da sua opnião "Tucano"!!! Eu não vou apredejar o Dunga por uma coisa normal, mas que para a maioria dos brasileiros parece o fim do mundo: eliminação na Copa do Mundo. Afinal, não é obrigação do Brasil ganhar TODAS as copas???
Neymar e Ganso jogam bem e estão sob os olofotes da mídia, mas o q eu vejo são jogadores excelentes q tremem perante times grandes e sucumbem à fogueira das vaidades.
Parabéns aos que deram o sangue, desafiando e superando seus limites...

Cas disse...

Na Copa dos baladeiros, o Brasil caiu nas Quartas e ficou em 5o. Na Copa do quartel, o Brasil caiu nas Quartas e ficou em 6o.

Essa Copa serviu mais uma vez para mostrar que extremos não levam a nada: nem a cachaça nem o quartel. Se 2006 foi a Copa dos Baladeiros, essa foi dos Arrogantes.

E a verdade começa a aparecer. A Folha de hoje publicou que Jorginho, um dos maiores críticos da zona que foi 2006, permitia o acesso livre de pastores à concentração e organizava cultos.

Leonidas Dahás disse...

Concordo 100% com o que vc falou.
Perder essa copa foi menos vergonhoso que a derrota patétia que tivemos em 2006 com a seleção de bêbados, que ficavam o dia inteiro de festa, dando abraços em torcedores no meio do treino (R. Gaucho) e coisas piores.

É foda p Dunga agora, já q ele nunca deu bola p Globo, e quando deu foi p mandar o ténico p ......

ecomfacit disse...

kra, apesar de a grande maioria do povo brasileiro pensar o contrário, concordo plenamente em vc!
Pela primeira vez torci veemente pela seleção, pela primeira vez, vi que havia um verdadeiro patriotismo pelos que estavam na copa a nos representar!

Posso me arriscar a dizer, baseado nas poucas copas que pude acompanhar, que esta está, senão na primeira posição, entre a melhor de todos os tempos.

Parabéns pelo post!

Lucas Bezerra disse...

Não entendo muito de futebol, não tenho tão boas memórias de outras copas pra ficar comparando técnicos e jogares, mas acabamos parando junto com o Brasil de 4 em 4 anos... Sinceramente, eu queria que o Brasil ganhasse não por eu gostar de futebol, ser patriota ou querer sair cedo do trabalho na terça-feira e um provável ponto facultativo na segunda, mas apenas para calar a boca de todos os brasileiros que viram técnicos quando o assunto é seleção. Durante a Copa Amaréca, Copa das Confederações e as eliminatórias todo mundo ja caía matando no Dunga e quando ele ganhava ficavam com cara de cu... Porra! Agora torcem contra Argentina e contra Holanda, tsc... tsc...

ju disse...

Concordo com parte do que foi dito. Não acho que levar o Neymar e o Ganso faria a seleção ganhar. Mas, convocar Grafite e Kléberson foi no mínimo inesperado, lembrando que o Kléberson não era nem titular absoluto do Flamango.
Mas acho que ele voltou com a ideia de que tem que se dedicar a seleção, o que foi ótimo.

pensesobre disse...

Maneiro o texto Tucano. O Dunga ter cortado as regalias da globo foi o que mais me alegrou nessa copa. É bom ver alguem dizer não ao sistema. Isso me lembra uma fala que tem no Homem de Ferro 2: "quando há sangue na água, os tubarões vem".

Cesar Cas disse...

Não sou santista e tenho algumas dúvidas quanto a bola do Neymar mas comparar o desempenho dele no Sub-17 com o esperado na Seleção é injustiça.

Diversos craques nunca tiveram destaque nas categorias menores, outros falharam e Mundiais Sub e pior, jogadores medíocres venceram e foram destaque.

Lembra de Caio e Adriano (não o Imperador), eleitos melhores do Mundiais Sub que disputaram?

Lembra de Hallysson, titular do São Paulo, com participação no Sub 21? Seu reserva no São Paulo: Kaká.

Josué de Oliveira disse...

Concordo total.

Xiko do Couto disse...

Concordo. Mas o Dunga não perdeu a copa. Foi a seleção que ele escalou. A seleção não perdeu por falta de Neymar e Ganso, mas sim por ecesso de Josué, Daniel Alves, Michel Bastos e Felipe Melo.

kiros disse...

Cara, concordo com muito do que tu disse.

Vale ressaltar também que, o Felipão classifou o Brasil mal e porcamente, o Brasil todo raclamou dele e possivelmente da mãe dele. Ai todo mundo calou a boca quando ele saiu campeão e fizeram pose de arrependidos.

Seria o mesmo com o Dunga caso tivesse saído vitorioso, mas não foi o caso, então: crucifica-o!

Apoio o Dunga mesmo na derrota. Ouvi (li) dizer que tinha brasileiro apoiando a Argentina contra a Alemanha, por conta da decpcao com o Dunga, estes não devem ser brasileiros de coração, preferem "levar uma salsicha de quatro".

Certamente o fato Dunga peitar a globo foi o que mais prejudicou sua imagem, como não moro mais no Brasil, não acompanhei todo o mimimi.

Fábio de Mello Torquato disse...

Tucano!

Eu concordo que o Dunga inovou e mudou muita coisa.. Mas também foi teimoso ao levar jogadores que não eram lá grandes coisas.

Pra que aquele tanto de volante? e po.. Kleberson, Felipe Melo, Grafite, Josué.. num dava pra tirar um desses e colocar Ganso e Neymar? Assim como fizeram quando colocaram Pelé com 17 anos pra jogar e ganhou uma copa?

É um caso a se pensar..
Devia colocar o Bernardinho do Volei.. mesmo ele não sendo especialista no futebol, com certeza faria os jogadores darem coração ali no campo.

Rafa Rhoads disse...

Show de bola teu posicionamento. Concordo com quase tudo que tu disse, só discordo do técnico. Não que o Dorival não sirva para seleção, tenho certeza absoluta que serve. É justamente o contrário, tem uma dúzia de técnicos brasileiros não-medalhões que podem fazer um trabalho consciente na seleção. Listo alguns: Celso Roth, que é um trabalhador incansável. Tite, que entende muito de bola e é tem um discurso motivador, inclusive da mesma religião que os jogadores da seleção (a maioria). Antônio Lopes, o jeito que ele montou o CAP do ano passado e escapou do rebaixamento é uma prova cabal de que ele, agora, já tem cacife pra vôos maiores. E o Silas, em alguns anos esse cara vai ser MUITO vitorioso!

O Brasil está bem servido de técnicos, não tanto de jogadores. Infelizmente também está muito bem servido de imprensa e torcida corneteira.

Ricardo disse...

Simples e curto... To com vc e não abro!

Anônimo disse...

Ou seja, vai fazer a felicidade dos 300 torcedores do Santos?

Marcus Sampaio disse...

O DUNGA podia perder 99 de 100 jogos mas SÓ NÃO podia ter perdido nos 7 jogos mais importantes dos últimos 4 anos... Afinal era esse ou não o OBJETIVO FINAL?

Que Neymar e Ganso podiam não ter resolvido até concordo, mas não levá-los para deixar pelo menos com OPÇÃO, aí discordo plenamente.

O problema dessa e de TODAS nossas seleções é que parece que o país só existe do Rio para baixo.... NUNCA uma seleção levou os MELHORES jogadores, o que sempre funcionou foi o lobby.

Pra finalizar, vc é um cara inteligente, não culpe a imprensa pelo fracasso da seleção, parafraseando Shakespeare: "há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia."

Barba disse...

Discordo. O Brasil nao eh obrigado a ganhar. Eh obrigado a jogar bem, pois carrega no peito titulos que ninguem mais tem.

2- Nao precisava deixar de lado 2 caras que acompanharam a selecao nos 4 anos. Grafite estava ali a pouco tempo, poderia nao ser chamado. E poderia abrir mao de um dos goleiros.

3- Copa america, Confederacoes, etc sao competicoes preparatorias. Devem ser ganhas pelas selecoes top. O brasil ganhar nao tira a obrigacao de CONVENCER na copa.

82 nao ganhaou mas convenceu. Poderiamos ter perdido, mas convencido.

Odie disse...

Dunga falhou em uma coisa: Não delegou um comandante, tal como era na seleção. O grupo não tinha comando dentro do campo, faltou um capitão que liderasse os demais, gritasse, comandasse. O recado dele foi mal dado, criou valentões destrambelhados e emocionalmente descontrolados, pareciam varios meninos mimados, turrões e sem capacidade de dar a volta por cima, criou um time que não sabe perder. Quanto a sua indicação do novo técnico, acho que a CBF poderia inovar e apostar em um técnico realmente vencedor: Bernardinho. Sim, aquele do vôlei, vencedor tanto no masculino qto no feminino. Esse é o nome: BERNARDINHO. Um cara de pulso.

Revoredo disse...

Comentários futebolísticos de um cara que torce pro Flamengo!?

Hehehehehehe

Brincadeira Tucano...

Concordo em algumas coisas q vc falou, mas não podemos esquecer que Dunga foi muito contraditório, cortou alguns dos "medalhões" mas levou outros, levou jogadores que disputaram alguns minutos de amistosos, nem chegando a disputar Copa América ou das Confederações (caso do Michel Bastos, que foi um dos piores LE que já vi na seleção) deixando André Santos e Marcelo de fora.

E olhe bem para o banco de reservas da seleção. Você que é flamenguista, deve estar muito orgulhoso de ter Kléberson como opção no banco de reservas, eu que não sou santista, gostaria muito mais de ver o Ganso. Ainda mais lembrando que Kléberson jogou poucos jogos com a camisa da seleção antes da Copa.

Não sou defensor da convocação de Ganso e Neymar, pelo contrário, acho os 2 muito imaturos e quando jogaram contra times de verdade, pipocaram (vide Santos x Palmeiras, São Paulo e Corinthians).

Mas, quem era Ramires antes de ser levado pra Seleção? Quem era Felipe Melo? Contra quem Kleberson jogou contra quando foi chamado enquanto defendia o Atlético/PR?

Enquanto isso, temos meias experientes que nunca tiveram uma chance de verdade, completamente esquecidos em seus clubes. Como: Alex (Fenerbahce), Diego (Juventus) e muitos outros.

Anyway, agora é fácil achar culpados, e apontar o dedo na cara de um jogador ou outro.

Enquanto isso, os verdadeiros responsáveis pela CBF (Circo Brasileiro de Futebol) lucram milhões com patrocínios, participações etc.

Como a maioria dos brasileiros acompanha futebol só de 4 em 4 anos, pra eles tá bom.

Jack disse...

Fábio de Mello Torquato, quando o Pelé foi para a Copa com 17 anos, ele já tinha participado de amistosos. Diferente de Neyamar e Ganso que nunca vestiram a camisa da seleção principal. É bem diferente!

Jack disse...

Rafa Rhoads, a parte do Dorival Junior era brincadeira!

Jack disse...

Marcus Sampaio, acho que esse discurso de só existe Brasil abaixo do Rio não cola no futebol. Haja visto o número elevado de jogadores nordestinos que passaram pela seleção. Até nessa seleção tinha nordestinos!

Caio disse...

Concordo com tua linha de raciocínio, mas tu esqueceu de um lado da estória muito importante. Foram para Copa uns quatro meias 100% defensivos, 2 mais ou menos e o KAKA bixado. Ou seja, a convocação estava TORTA!!!!!!

C disse...

Exatamente o que o Caio disse. Ta certo, não leve os moleques que golearam o Monte Azul - justo, não condeno o Dunga por isso.

O que dá pra condenar o Dunga é por levar um armador e meio pra copa (o Elano é o um e o kaka é o meio, pq tava nos pés da egua) e só. Ai o unico armador que nós temos se machuca e olha pro banco e só tem brutamontes. Ou alguém mais não viu que quem tava subindo pra armar as jogadas era o Lucio?
Perae, o Lucio?!?

Ai fica dificil, né amigo?

Ok, não leve os moleques - mas por favor, não me va pra copa do mundo sem armadores. Mesmo que não sejam genios, apenas jogadores medianos, ainda sim é melhor que escalar torto o time

Outro erro do Dunga é a total falta de noção dele. Ele deve ser a unica pessoa do mundo que não achava que o Felipe Melo era um porra louca da cabeça. O Robinho e o Kaka, que nem atravessam a rua fora da faixa de pedestres, estavam tendo sincopes de raiva aos 2 minutos de jogo.

As intenções do Dunga foram muito boas, realmente, mas de boas intenções o inferno...

Revoredo disse...

Uma coisa que o "C" disse que me deixou pensando...

Vimos Kaká, Robinho e alguns outros jogadores que são conhecidos como "calmos", tendo ataques de fúria, logo no início do jogo.

E não somente neste jogo, mas em outros jogos também.

E aí nós vemos treinos fechados, poucas entrevistas, poucas conversas com jogadores. E em alguns poucos momentos de treino aberto, vimos ainda que não fossem "brigas" de fato, algumas discussões, entre F. Melo e Kaká, J. Batista e D. Alves, Luisão e J. César.

Acho que os treinos fechados, não eram só uma manobra anti-globo, mas também, acho que era pra esconder alguma coisa, seja o nível físico de alguns jogadores que não estavam 100% como J. Cesar, Kaká etc; ou algum clima estranho que existia entre os jogadores.

Z.Σ.N.Ø.N disse...

Porra, Tucano, até eu que sou santista concordo com você. Infelizmente o Dunga tem tempo contado no comando da seleção (afinal aqui no Brasil a incredulidade nos técnicos é tanta que basta uma derrota pra ter sua cabeça à premio).
Bom, pelo menos a gente aprendeu a lição: menos é mais. Eu prefiro perder todas as copas seguintes (que não virão, essa é a ultima antes de 2012), do que ver esses caras de novo na nossa seleção.

Vítor Halfen disse...

Concordo plenamento, Tucano. O Dunga foi bastante coerente em todo o trabalho dele, além de ter conseguido muito mais conquistas na temporada do que os outros. Até mesmo na copa, pois se ele conseguiu ir ao mesmo ponto que o Parrera em 2006 (quartas-de-final), só que com uma seleção inferior tecnicamente, então o trabalho dele foi bem mais significativo.

Só tenho medo de colocarem o Falcão no comando agora...

Dionelson/Dino's disse...

Concordo em quase tudo, talvez alguns santistas achem quem tenho algo contra o Neymar, mas acho o garoto mimado pra caramba... Não só pelo clube, pois ele tem futebol vestir a camisa de qualquer clube de história como o Santos. Porém, ele virou realidade em um campeonato que não leva a nada que foi o Campeonato Paulista, que assim como todos os estaduais deveriam ser excluidos do calendário do futebol nacional. Diferentemente de PH Ganso que tem um futebol a frente considerando a idade dele, mas que em torneios de categorias de base também não se destacou. Que todo mundo sabia que o Felipe Melo uma hora ou outra iria perder a cabeça tava na cara, infelizmente foi depois da primeira fase, onde até "seria aceito" uma expulsão sua. O trabalho de Dunga não pode ser criticado, não devemos crucificá-lo após perder a Copa, mas como agora o torneio será no Brasil, o técnico que estiver no comando(acredito eu que o Mano não fica até a Copa) terá uma pressão maior para vencer o campeonato, tanto para apagar o mundial de 50 como para apagar a "segunda Era Dunga" que a mídia teima em criar.

 
Clicky Web Analytics