terça-feira, 25 de maio de 2010

Explicações Subjetivas

Para o pessoal que entendeu tudo muito bem, dêem uma olhada nos comentários. Tem pelo menos uns 10 textos de pessoas que dizem que entenderam perfeitamente o que a série quis dizer e cada um diz uma coisa. Cada um tem sua teoria.

Deixar respostas semi abertas ou subjetivas é uma coisa. Cagar para 5 anos de série é outra. É lógico que eu posso conjecturar sobre os mistérios e arranjar várias respostas bem plausíveis. No entanto, nenhuma delas será a resposta "verdadeira". Se era para nós escolhermos o final (tipo Você Decide), não precisava ter a 6ª temporada.

E vejam, eu achei as cenas do último capítulo bem emocionantes. Mas para me emocionar eu alugo um drama e em 2 horas tenho uma overdose de emoção. O que se esperava (e o que se prometia) para o final da série eram respostas. E essas respostas não foram dadas. Foram deixadas para que cada um acreditasse na sua própria teoria.

na minha opinião, os produtores nos fizeram trabalhar de graça. É como histórias contadas por parábolas. Cada um interpreta como quer e não existe uma verdade. Desculpem-me, mas a série que eu assistia era sobre mistérios e não era sobre auto-ajuda!

39 comentários:

J.F.Marques disse...

huauhauauhauh Tucano, tu está mesmo indignado, né?:P
Não cagaram todos os anos da série, pois vai falar que durante isso não valeu a pena?
Bem, é normal cada pessoa absorver uma opinião diferente das dos demais sobre uma obra com certo teor filosofico, vide matrix. Se você por 3 homens dentro de uma sala e der um problema, você pode ter certeza de que 6 respostas irão aparecer junto de mais 2 problemas. (:

Bruno Sky disse...

Certificado e Aprovado!

Fernando disse...

Tucano...concordo contigo 100% cara.
Nos teus 2 posts escreveu tudo que venho pensando desde que vi o final.
Pelo menos agora posso simplesmente passar para as pessoas teu blog, não preciso ficar escrevendo.

Encho disse...

Bom, a série era sobre pessoas se conhecendo perante um problema: estão perdidos em uma ilha cheia de mistérios.

Eu esperava mais respostas sim, mas de forma alguma sinto que eles cagaram 6 anos de série. A série era sobre pessoas perdidas e de alguma forma eles se encontraram. Fim. Sem nenhuma teoria mega-complexa. Achei perfeito.

J.F.Marques disse...

huauhauauhauh Tucano, tu está mesmo indignado, né?:P
Não cagaram todos os anos da série, pois vai falar que durante isso não valeu a pena?
Bem, é normal cada pessoa absorver uma opinião diferente das dos demais sobre uma obra com certo teor filosofico, vide matrix. Se você por 3 homens dentro de uma sala e der um problema, você pode ter certeza de que 6 respostas irão aparecer junto de mais 2 problemas. (:

Anônimo disse...

O fato é que contos como parabolas entram para a historia, simples seriados de TV como House ou Breaking Bad são apenas diversão barata (sem desmerecer nem um pouco).
Lost marcou época, é como a vida é, sobre perguntas e não sobre respostas. Tudo que você faz é motivado por perguntas e é essa mensagem de Lost.

Agora, essas suas afirmações, mesmo dizendo "é a minha opinião" só ofendem por causa das comparações com Dramas e coisas do tipo.

denys.sene disse...

Gostei!
To cansado desse bando de inlectualóide metido a filósofo dizer que Lost teve um final bom e que tem que ser entendido nas entrelinhas.
Lembro muito bem de entrevistas no começo da série com DL e JJ e me recordo perfeitamente de eles terem deixado claro que as explicações eram científicas.
Em outras entrevistas disseram que tudo tinha resposta.
É bom ver que alguém mais também entende que seja lá o que for que esse bando de pensador de araque achar que é o significado de cada coisa, ainda não vai ser a "verdade" da cabeça de DL e CC. E a gente nunca vai saber de fato algumas coisas.
Enfim, foda-se Lost. Não perco mais meu tempo com isso. Let it go!

Bruno Vox disse...

O problema não foi o final em sim, acho que se tivesse o mesmo final, mas que deixasse tudo explicado vc gostaria, tô errado?

Leandro Maioral disse...

Tucano, concordo 100% com você. Achei também o último episódio muito bonito e emocionando, mais aquilo não foi Lost. Prá mim, nunca existiam essas respostas, e os produtores/roteristas sabiam disso desde o inicio. Como eles sabiam que como nunca iam explicar nada, podiam viajar na maionese nos mistérios, desde que não fosse algo muito absurdo. O maior erro dessa série foi nos fazer acreditar que existiam respostas.

Yoshi disse...

O grande problema da série foi ter se tornado muito maior/forte do que qualquer pessoa poderia imaginar. Gerou, como o JN diz, o monstro da expectativa.

Eu acredito que eles perderam o controle da série sim. Mas eu não acompanhei por 6 anos.. acompanhei por 3, 4 meses! hauhauhau Então talvez isso tenha me deixado mais tranquilo com o final. Eu corri pra assistir as 5 temporadas quando descobri que essa seria a última.

Então, apesar de ter adorado o final, durante toda a série eu me senti frustrado por saber que muito daquilo que eu estava vendo não teria resposta.

Essa grande frustração que você está sentindo agora, eu senti quando estava vendo a 3º temporada. Assistindo aquela participação horrível do Rodrigo Santoro (e falo mal do personagem e não do ator) SABENDO que nada daquilo era importante.. nada daquilo seria reaproveitado.. e que muitas outras questões ficariam sem respostas.

Enfim, eles realmente deixaram muitas perguntas sem respostas, mas podemos chutar aí que a resposta para todas elas é 42.

Ricardo disse...

Acho que acabei de descobrir uma coisa sobre a serie e seus criadores, eles nao explicaram nada, pq simplesmente transferiram a serie da tv, para a realidade, e somos nos, que agora vamos ter que aprender a "let go" e nos reencontrarmos com todos os amigos que fizemos durante esses 6 anos de teorias infinitas e especulacoes....

Anônimo disse...

Realmente o ultimo capitulo me dividiu entre ser cético e não ser cético e o resultado disso:

Gostei muito. Eu acho que isso que Lost é... É fazer você argumentar com si próprio.

Ex.:
4.Locke 8.Reyes 15.Ford 16.Jarrah 23.Shephard 42.Kwon

Qual é o significado? Pois essa seleção de números já existe desde 19USSR, antes de outros, antes de DHARMA... (Vide ep. lighthouse)... Já existia nomes antes dos mesmos nascerem?

Conclusão: Cada explicação daria um spin-off e é muito bom conversar sobre isso.

Rafael disse...

O que eu entendi foi o seguinte.
Lost foi a historia do Jack, em nenhum momento do ultimo epsodio foi dito que estavam todos mortos. Quando Jack encontra o pai ele pergunta se estão todos mortos e ele responde que sim mas uns morreram antes outros depois e o que aconteceu tinha acontecido. Isso significa que a ilha era real os flashwhatever era onde eles se reencontraram pra "partirem" juntos.

Ralf disse...

Beleza. Acabou Lost. e não houve respostas. Ouço todos dizerem que o que importa não é o fim, e sim, a jornada, que vc tem que ser grato pela experiência...


Falemos de divórcios litigiosos. Quando vc termina seu casamento mal pra carai, vc fica pensando nos anos que foram legais com vcs juntos? Ou vc pensa em como no final tava tudo esmerdalhado e em como poderia te sido melhor, mais bacana, para pelo menos terminar em bons termos?

É assim, gente. Confesso que ali pela 6ª temporada, Lost não me atraia tnto quanto nas 3 primeiras.. dou mto mais valor em fringe hoje em dia. Por isso, não me dediquei como o Tucano fez, por exmeplo, bsucando teorias, particioando de Args, etc. mas eu entendo a revolta dele, e de muitos outros, que esperavam recompensas no fim. os próprios Args davam recompensas: vc resolvia um puzzle, e era recompensado com uma resposta. A série em si falhou neste aspecto sim, talvez não pelo fim que teve (que eu vi e achei particularmente um bom fim de personagens), mas porque desenvolveu "n" pontas de história, que agora jamais serão respondidas com certeza, porque a série acabou. Dái, vem o roteirista dizer que os fãs devem "let go"? Ponha-se no lugar do fã que queria respostas, e não histórias de personagens: como vc se sentiria? Acredito que "traído" é a mlhero definiçao, ao menso é o que tenho visto ser gritado aos 4 cantos nos foruns.

Então, é isso. Tucano, sua ira é justificável; pessoas que gostaram do fim: que bom. E vejam breaking bad e House sim, que afinal de contas, cumpre o que promete, e não morde mais do que pode engolir. ^^

Rosangela Silva disse...

Russinho, acabei de passar o capitulo final na tv e eu nao resisti... assisti! Nao apenas perdi os ultimos seis anos da vida, como tbm as duas ultimas hras da vida. Acabou o episodio FINAl e eu fikei com cara de tacho. Pra tu ter uma nocao como eles suuuper explicaram as coisas, olhei pro lado e perguntei: "Mas perai, pra que q eles foram pra ilha, afinal?", e meu irmao respondeu: "Mas eles foram pra ilha??!" hauahahauahauahauhauahauahauahauhauahauahauahauhauahauahuaahauahauahau
Serio, soh rindo mesmo! Eh rir pra nao chorar!
Axu q podemos descombinar de assistir isso de nvo, nao faco a menor questao, vamos alugar um filminho sessao da tarde q si pah vale mto mais!!

Leonardo disse...

Façam todos uma gentileza...peguem o final de lost e substituam os personagens por personagens de QUALQUER outra historia...ELE SE ENCAIXA EM TUDO!!! imagina lá, o frodo, o sam, o aragorn, o gandalf...o luke, a leia, o chewee, o han solo...velhos...o final foi tão obvio e generico que se encaixa em qualquer lugar!

marcosmcoppola disse...

Também concordo.

Ana Barbara disse...

O final de Lost foi pra mim um verdadeiro desastre...

Mas pior ainda foi a AXN cortando a parada a cada 5 minutos pra outros 5 minutos de propaganda... Odiei. Não consegui formar na minha cabeça um "começo-meio-e-fim" do espisódio.
Teve um quadro em que foi ridículo: cortaram a cena bem no meio da luta entre o Flocke e o Jack. Quando voltaram, terminaram a briga dos guris, passaram outra cena e cortaram de novo pro intervalo.
Da próxima vez (se eu tiver enlouquecido pra ter uma próxima) vou baixar da internet sem nenhum peso na consciência. Quem quer ser respeitado pelo público deve respeitá-lo, antes de mais nada.

Jack disse...

Ana Bárbara, os cortes não foram da AXN. Eu vi o episódio direto e na cena do Jack contra o Locke tem um corte nada a ver mesmo! E quando volta, volta diferente a cena. Foram cortes da ABC mesmo! Outra grande porcaria!

Fabio PL disse...

". Tem pelo menos uns 10 textos de pessoas que dizem que entenderam perfeitamente o que a série quis dizer e cada um diz uma coisa. Cada um tem sua teoria."

MAS É EXATAMENTE ISSO CACETE!!! Vocês ainda não perceberam?? Lost sempre foi isso: especulação, teorias, conversas madrugada adentro sobre o que aconteceu ou deixou de acontecer, ou o que pode vir a acontecer... Isso até foi dito no Nerdcast 210: "CHEGA DE RESPOSTAS! EU QUERO PERGUNTAS!" Se eles explicassem tudo, ia ser muito pior! Ninguém ia ficar satisfeito com as explicações (até pq seria impossível, e não acho que tenha sido a intenção dos criadores nem no começo) e depois do último episódio ninguém ia falar mais de Lost. Mas a gente tem é que bater palmas pros caras, por terem criado um negócio que ainda vai ser discutido e teorizado por muito tempo.

Felipe Storino disse...

O mais engraçado é ver o pessoal que defende o final dizer coisas do tipo "vocês não entendem finais filosóficos". Mas nenhum deles explica o final, só sabe ficar repetindo sempre a mesma ladainha.

Não me arrependo de ter acompanhado Lost, pois me diverti da primeira até a quinta temporada, mas esse final foi simplesmente rídiculo. Ignoraram as cinco primeiras temporadas, criaram uma nova história na sexta e nem pra ela conseguiram criar um final decente.

Jack disse...

"Isso até foi dito no Nerdcast 210: CHEGA DE RESPOSTAS! EU QUERO PERGUNTAS!"

Ihh Fabio, parece que você que não entendeu. O seu chará Fabio Yabu estava com sarcasmo mode ON.

Eduardo Bacaninha disse...

Pra que Dharma?..Escotilha?..Viagens no tempo?..Mapa da da porta de segurança?Nada tinha a ver com nada...Na minha opinião a ultima temporada foi escrita e produzida por outras pessoas, não as mesmas de outras temporadas, tudo estava diferente, é só olhar mais atenta-mente...com certeza havia algo errado, mas não saberemos nunca, mas enfim, tudo foi se resumido em uma farofa mística muito sem graça e cheia de clichês.
Mas tem quem goste, fâs "Xiítas" de lost é que não faltam por ai, dizendo "ìncrível" "Que virada" que a série sempre foi sobre pessoas e tal, e que nós (pessoas sem fé...rs)não percebemos a mágica por trás das cabeças dos (levados ao nível de gênios, por não dizer santos) produtores.
O que há por trás das cabeças não sei, mas tenho ideía do que tem dentro, uma mente preguiçosa, que diante de uma boa idéia do J.J Abrahans, resolve dar um golpe televisivo dividido em seis atos!!!

Os produtores pensaram...vamos fazer assim:

Criamos um ilha e a tratamos como um personagem, inventamos uma monte de mistérios,sempre poderemos exagerar na quantidade (afinal não terão respostas) mistérios estes catados com certeza em uma cultura pop fervente de quadrinhos, filmes, livros, e lançamos nesta nossa histórinha fuleira (que poderia ser resumida em uma temporada de 6 Episódios).
E a transformaremos em um sucesso de público e crítica, e revolucionaremos o mundo das séries.

Paulo Roberto Schmitt disse...

Tambem não gostei do final de LOST.
Durante todos esses anos nos foram passadas varias “perguntas” que nos levaram a criar teorias, para tudo o que acontecia na ilha. Quem são os outros?, o que são as escotilhas?, o que significam os números?, como um navio foi parar no meio da ilha?, quem ou o que é a fumaça?,quem é o Jacob?, porque Ben não pode matar o Widmore?, etc. Tudo isso nos fez viajar em uma realidade de fantasia e mistérios, que em grande parte não foram desvendados.
O que me fez acreditar na série foram os 6 anos de prazo para amarrar todas as pontas, o que vinham fazendo muito bem até a 4ª temporada, porém a introdução das viagens no tempo e espaço, realidades paralelas e cenas inexplicáveis, como a da ilha no fundo do oceano ou o pai do Jack aparecer para ele fora da ilha e disparar o alarme de fumaça, nos fizeram criar uma série explicações (inclusive espirituais) que nada teve a ver com o desfecho que nos foi apresentado. Isto me trouxe uma enorme frustração e arrependimento, principalmente por passar tanto tempo criando minhas teorias e revendo episódios para encontrar respostas em pequenos detalhes (como o símbolo da Darma no rabo do tubarão no episódio 2 da segunda temporada).
Eu me senti, ao ver o final dessa série, inserido em um “mind game” global, como se estivesse em uma escotilha fazendo relatórios do que via em um monitor e enviando-os por um tubo que acaba no meio de uma colina vazia.
Na épica série de livros de Douglas Adams “O guia do mochileiro das galáxias” é proposta uma resposta que não se sabe a pergunta e LOST é, para mim, exatamente o oposto, mas nos fazendo acreditar que não era essa a proposta.
Felizes aqueles que gostaram e que querem assistir novamente LOST.

Peri disse...

Tucano,
Cê viu o texto que o Fábio Barreto, do SOS Hollywood, escreveu?

http://vqv.me/5Pg

De repente te dá uma outra visão

Rafael Martins disse...

Cara, eu coloquei isso no orkut (nerdcast)...

"O problema em si não são as explicações...
Elas não são tão importantes desde que seja feito de uma forma coerente e inteligente, algo que eu acho que não aconteceu...

Lost criou um contexto em que as perguntas eram respondidas sempre de forma subliminar (e isto era ótimo pois cada um respondia de seu próprio jeito) e de repente, ligaram a chavinha do "f¢d@-se" e quando não responderam de uma forma idiota (para não dizer descompromissada) simplesmente não responderam.

Vejam Planetary, 7 Soldados da Vitória ou The Authority onde todo este fator metafísico misturando muito bem religião, filosofia, misticismo, ciência, cultura pop, etc. A forma do roteiro respeita o enredo. Isto, Lost não fez.

É um namoro muito divertido que terminou em um casamento fracassado.

Blade Runner não dá explicações. The Matrix (aquele filme do século passado) não dá explicações finais. 1984 não dá explicações. São clássicos pois provocam discussão sem ter aquela praga da mania ocidental de explicar tudo. Porém, a história valia a pena pois o contexto criado não te dava respostas idiotas substituindo-as por boas perguntas (ou pelo menos em bons temas para a madrugada à fora...). Lost se perdeu quando se desprendeu da história pelos mistérios e depois tentou reavaliar isto.

Insisto que a fórmula empregada pelo Brian Vaughan que fez da quarta temporada a melhor de todas era simplesmente respeitar o enredo com um bom roteiro, fechando os ciclos e reafirmando os reais valores da série: pessoas e uma ilha do c@r@£h¢ e as consequências e não uma pataquada sem limites de um Smallville do inferno."

Marcos disse...

hehehhe. Esse final de seriado compensou, mesmo que só pra ver o Tucano ficar puto. :D

Vinicius marcus disse...

na minha humilde opinião esse series finale, funcionou somente como um season finale. fechou a temporada e nem de longe serviu para fechar a série.

Ronaldo disse...

É isso aí Tucano, esse papinho de que "Lost nunca foi sobre respostas, e sim sobre as perguntas..." e que "as respostas não importam", é a coisa mais ridícula que já vi.

Ah tá, AGORA , que os caras não responderam NADA, não importa. Tá bom então.

Vamos ser realistas. Lost teve grandes personagens, momentos emocionantes e inesquecíveis, mas seu final foi a maior decepção da história da televisão.

E não venham comparar com o final de Família Soprano, que deixou coisas no ar. Sopranos não construiu toda sua tyrama em torno de mistérios sobrenaturais e teorias sobre as respostas.

Não preciso de nada "mastigadinho" pra mim, como argumentam aqueles que tentam ridicularizar quem não gostou do final. Nem precisava de brilhantes explicações cientificas e racionais.

A única coisa que eu esperava, era uma satisfação. E o que aconteceu, foi um grande FODA-SE.

samagusa disse...

Tucano,

Por favor, esse final de Lost já está flopado há pelo menos uns 20 anos... desde q vieram com esse papinho pro final de Caverna do Dragão, nego já achava uma saída marromenas pro desenho... mas vá lá... até caberia...

Ficar ouvindo o chororô do pessoal pseudo intelectualoide q se gaba por ter "entendido" o tal final tá de fud#$% o saco.

Não aguento mais ouvir de pélas-saco que choraram, q verteram lágrimas e tal... chamando os outros de insensíveis... que aquilo significou muito em suas vidas e blá, blá, blá... boring life define.

O final na igreja com a galera se abraçando, já estava vendo a hora q eles iriam começar a cantar: "Hoje é um novo dia, de um novo tempo que começou..." Péssimo.

Agora, pro nego se matou estudando todas as referências, esses sim, o final da "Pegadinha do Mallandro" do YTube faz mais sentido ainda. Pagou de idiota, e ainda tenta sair pela tangente cum papinho frouxo de aceitação da jornada.

Lost 10 x 0 Series Finale.

Daniel disse...

Tucano... tu devia ter feito como eu... nos primeiros 3 episódios da ultima temporada, percebi que nada ia ser respondido... então deixei de ver a serie e criei o meu final satisfatório... como de acordo com essa gif ---> http://giveupinternet.com/2010/05/27/how-lost-should-have-ended-animated-gif/ era apenas um "sonho do cão".
Abraço

marvin disse...

O Final do Lost parece com o livro "A Roupa Nova do Rei". Só os inteligentes entendem, os burros não. E nesse contexto, eu não entendi o "porque" desse final.

http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Roupa_Nova_do_Rei

Eduardo Conrado disse...

Caro Tucano

Discordo da sua explanação acerca do que significa uma parábola.
A verdade é uma só. Não existe ene-verdades. O que existe é o erro e a má-fé das pessoas. A verdade está oculta em uma parábola. Somente aqueles que deixam o ego de lado e buscam a verdade com humildade a encontram.
Lost é somente uma série de TV. Ficção nunca será verdade. Será sempre ficção.
Um abraço
Eduardo Duque

n7 disse...

Caro Eduardo,
Acredito que dizer que só existe uma verdade é uma simplificação, uma boa forma para se adaptar às diferentes realidades experimentadas por cada consciencia. (Não vou me alongar neste tópico, até pq me faltam recursos.)

Bill disse...

MEio atrasado o comentario mas nao vou me poupar eheh , acho que uma das grandes perguntas a se fazer é. se Lost fosse um filme de 2 hrs todos achariam maravilhoso, se tivesse as mesmas duvidas e o finao espitirual, ja numa serie de 6 anos essa logica parece nao funcionar da mesma forma. Eu gostei do filnal e ainda estou tentnado entender algumas coisas, e lost sempre gerou polemica por isso por gerar a duvida, ambiguidade, e discussao , o final nao foi difernte.

Anônimo disse...

Existe um truque de matematica que consiste em pedir que uma pessoa imagine um numero qualquer e, ao longo de diversas operações matemática, você diga qual o numero no final de todas os calculos. Bom, o segredo do truque é que vc consiga anular o numero imaginado e induza a chegar a um resultado previsivel. Bom, esta pra mim é a melhor metafora pra 6 temporada de lost...

Thiago disse...

Realmente, poderiam ter explicado melhor uma série de coisas, a tal da luz no meio da ilha me aparece no meio da ultima temporada, é óbvio que não ia dar pra explicar, faltou bom-senso de alguém lá dentro para dizer "Chega de acrescentar mais coisas, vamos fechar com esses mistérios que já temos aqui.'.
Mas no geral o final não foi ruim, apenas deixou uma série de pontas abertas que provavelmente serão portas para venda de jogos e DVDs.

Ricardão disse...

Olha Tucano, também fiquei frustrado com o final de Lost.
Por indicação de um amigo(que odiou Lost desde o início), comecei a ver Fringe. E tenho que concordar com ele:
"Tudo o que Lost queria ser é o que foi a segunda temporada de Fringe..."

Carlão disse...

@Ricardão:

Concordo. Na verdade Fringe é o que Lost deveria ser se o Abrams continuasse no comando da série.
Dá pra perceber que várias sacadas da série são muito parecidas com situações de Lost, mas com uma resolução, motivo e contexto muito melhor explicados.

 
Clicky Web Analytics