domingo, 31 de maio de 2009

10 anos de Fight Club

Muito se falou sobre os 10 anos de Matrix, mas na minha opinião, Clube da Luta é um filme com um conteúdo mais denso, filosófico e relevante. Além disso, ele tem a vantagem de não ter duas sequências podres!

Parabéns a David Fincher, Brad Pitt, Edward Norton e todos os outros. Fizeram um filme a altura do livro (senão melhor) de Chuck Palahnuik.

quinta-feira, 28 de maio de 2009

O Fim de uma Era

É, chegou ao fim mais uma era no Império Rubro Negro: A Era Obina!

Ao Anjo Negro do Acarajé, meus mais sinceros agradecimentos. E, que ninguém ouse duvidar, que ele será campeão mundial pelo Palmeiras, com 2 gols na final em cima do Barcelona, provando ao mundo o que o Brasil já sabia: Ooooooooobina é melhor que E'to, Obina é melhor que E'to, Obina é melhor que E'toooooooooo O!!!!!!

PS.: Se fosse uma carta, o papel já estaria molhado pelas lágrimas que escorrem de meus olhos mareados.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Orgulho Nerd?

Era para ter postado ontem, mas a vida é muito corrida e blá blá blá.

Estava pensando. Não sei se admiro os nerds ou os odeio. Aliás, com essa moda em ser nerd, eu já nem sei mais o que é nerd e o que não é. Isso porque os "nerds de hoje em dia" se apoderaram de uma gama de elementos que fazem com que o mundo seja nerd. Por exemplo, se o cara gosta de ler Cornwell ou Tolkien: É NERD! Se ele lê Histórias em Quadrinho: É NERD! Se ele tem um blog ou um twitter: É NERD PORRA! Se faz tudo isso junto: É MUITO NERD!

Na época em que ouvi pela primeira vez o termo nerd, eu estava na escola. Eram aqueles caras que sentavam lá na frente, usavam óculos e de quem a gente gostava de colar no dia da prova e apavorar na hora do recreio.

Na faculdade os nerds eram aqueles caras que, ao invés de sair na sexta-feira a noite para encher a cara e azarar a mulherada, iam para casa de um jogar RPG . Geralmente eram os caras que tinham baixa auto estima e que raramente se envolviam de forma mais bíblica com o sexo oposto.

Naquela época, nerd era ofensivo. Ninguém queria ser nerd, eles apenas eram. Nos filmes, eles eram os discriminados que sempre davam a volta por cima, porque eram mais inteligentes que os atletas. Mas hoje não, todo mundo é nerd! Cara, Ferris Bueller seria chamado de nerd hoje em dia!

Aí eu pergunto: os nerds conseguiram dominar o mundo, ou não existem mais nerds de verdade? Pode ser uma estratégia... Taxando a todos de nerds, eles passaram a não ficar sozinhos e, a maioria sempre vence. Mas nerd não é maioria. Não pode! Perde o charme (ao menos na minha opinião). Deixa a essência.

Eu, por exemplo, nunca na minha vida achei que seria reconhecido como nerd. Eu nego que seja, mas não adianta, eu tô lá. Num site com meio milhão de visitantes mensais que se chama: JOVEM NERD. E eu tenho orgulho do site. Mostro para todo mundo como os caras venceram. Como são bons no que fazem.

Logo eu que andava de skate, pegava onda, jogava futebol (e nem era o goleiro), sempre fui mau aluno, tive banda punk, cortei o cabelo moicano, brigava na rua, enchia a cara, pegava um montão de mulheres. Ahhh eu era um maluco! Todo mundo achava isso. As mães dos amigos até hoje acham que eu era a “ovelha negra da turma”.

Acontece que entre uma balada e outra, eu lia um livro de fantasia. Entre um joguinho de basquete e uma session de skate na pista da palmares, eu ia ao cinema prestigiar o Star Wars ou o Matrix. Quando não estava bebendo num boteco, eu colecionava HQ. E, para completar, meu melhor amigo abriu um negócio: um site voltado para o público nerd. Um dia ele me chamou para dar uma ajuda gravando um Pod Cast.

Tucano e Azaghâl antes de serem Nerds, indo para o Shananigan's encher a cara!

E eu gostei da brincadeira!

Mas acontece que esse pod cast (coisa de nerd, né) virou uma febre. Estava decretado: esse Tucano (apelido que não ouvia desde os 17 anos) é um nerd mesmo. O Câncer de Jack passou a ter 10x mais acessos. Todos nerds. Nerds que nem me chamam de Jack (como eu assino aqui), mas de Tucano.

Bom, se eu sou nerd, acredito que qualquer um que tenha o mínimo de massa encefálica e bom gosto literário ou cinematográfico, tenha que ser também. Porque, embora a internet seja comum ao mundo inteiro, ainda é coisa de nerd. Mesmo que os hippies tenham descoberto Tolkien antes da nerdalhada nascer, se você discutir se um Balrog tem asas ou não, você é nerd!

Então é isso. A VINGANÇA DOS NERDS! O mundo é de vocês meus caros. Vocês são o topo da cadeia alimentar e vão continuar aí em cima por muito tempo. Parabéns e Feliz Dia da Toalha para vocês.

Abraço,

Jack

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Efeito Kassab

Entrou em vigor (efetivamente) a versão carioca da Lei Cidade Limpa, implantada na capital paulista pelo prefeito Gilberto "Vagabuuuuundo" Kassab. Centenas de outdoors devem ser retirados na Zona Sul carioca nos próximos dias.

Além da operação, o prefeito Eduardo Paes também sancionou a lei que obriga a tradução de todas as expressões estrangeiras presentes em anúncios veiculados em estabelecimentos do Rio de Janeiro.

Expressões como como "delivery", "off" e "sale" deverão estar acompanhadas das suas respcetivas traduções em português. Segundo o vereador Roberto Monteiro, autor da medida, a lei defende o uso da língua portuguesa e garante que qualquer pessoa tenha acesso à informação.

Os estabelecimentos que não cumprirem a nova lei poderão ser multados em R$ 5 mil.

Algumas medidas são realmente desnecessárias, a não ser que haja uma intensão política por tras disso (e é lógico que há). O cara que não sabe que Off numa vitrine é uma liquidação também não sabe que 50% é metade. Aliás, na maioria das vezes ele nem é o público alvo da loja.

Ainda em tempo - Enquanto isso, o índice de criminalidade no Rio de Janeiro continua o mesmo.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

A idade pesa, meu caro...


Cara, o Val Kilmer está demais hahahahah Uma mistura de Ozzy Osbourn com Snake Plissken.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Mais do mesmo II


Um anúncio de sorvetes vem criando polêmica na Europa. Em uma ousada estratégia de marketing, a marca italiana Antonio Federici mostra sua nova linha sorvetes com pôsteres com uma freira e um padre prestes a se beijarem.

Não seria a primeira vez que isso acontece. Décadas atrás, o artista plástico e pseudo publicitário Oliviero Toscani fez o mesmo para divulgar a Beneton.

Eu sou suspeito para falar de religião, a maioria aqui sabe o porque, mas eu acho uma imensa falta de criatividade usar ícones idolatrados por terceiros para vender qualquer coisa. Principalmente se essa "estratégia" já foi usada. E mais principalmente ainda (se é que isso existe) se o produto não tiver absolutamente nada a ver com a idéia!

Mais do mesmo

O autor de novelas Manoel Carlos, vulgo Maneco, esá escrevendo mais uma pérola da teledramaturgia brasileira. No roteiro, a trama gira em torno de uma Helena, lógico. No elenco, bem, no elenco vocês já sabem quem vai comer metade da novela, né?

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Alguém que responde pela alcunha de Rafa Nit que, aparentemente ou é fã dos irmãos Wachowski ou é militante GLBT, disse que eu tenho um nariz imenso. O cara provavelmente nunca me viu. Amigão, da uma olhada na minha napa e vai dormir com essa!



Foto: Azaghal
Rinoplastia: Evaldo Bolivar

Parabéns

Cara, eu nem estava torcendo tanto, porque não tenho nada contra o Botafogo. Achei que seria muita sacanagem com eles se igualarem ao Vasco (tri-vice). Mas a vida é assim, um ano se ganha, o outro també e outro e, quando notamos, já somos tri de novo.

Ano que vem é pausa. Mas 2011, 2012 e 2013 vamos ter que vencer o Flu para ficar tudo certo no Rio de Janeiro.

sábado, 2 de maio de 2009

Efeito Matrix

Bomba, bomba...

Segundo estão dizendo por aí, um dos irmãos Wachowski (Larry), se transformou em uma... bem algo que lembra uma lésbica. Vejam a foto:



A grande pergunta: Olha o naipe da figura! Se o cara queria se transformar em uma mulher, porque não se transformou numa mulher de verdade. Porra, o cara virou mulher macho?
 
Clicky Web Analytics