segunda-feira, 10 de novembro de 2008

O Arauto de uma nova Era...


Barak Hussein Obama. Esse é o nome mais falado (e escrito) da última semana e é comumente associado a uma esperança para o mundo. Por que? O que ele tem que os outros presidentes não tiveram? Nada, exceto a cor da pele, o que não influencia em nada na forma dele governar.

Não pense que o mundo vai mudar porque Obama foi eleito. Ele não vai olhar o mundo com compaixão e nem tão pouco vai deixar de defender os interesses dos americanos para ajudar as nações do terceiro mundo. Ele é Americano, apesar de ser multi-étnico (africano, polinésio, islâmico, americano, etc). Ele vai defender o biodísel de milho americano em detrimento do de cana brasileira, ele vai continuar a explorar nações produtoras de petróleo no oriente médio e vai continuar financiando militarmente Israel contra qualquer povo que ouse ameaçar a soberania judaica.

Outro engano que tenho visto frequentemente é a comparação de Lula com Obama, principalmente pelo seu apelo popular (ou populista). Li na Veja desta semana uma frase que sintetiza tudo isso:

"A comparação seria possível se Lula tivesse nascido na Ilha de Marajó, filho de um angolano com uma sexóloga de Cuiabá, tivesse morado em Bangcoc, na Tailândia, e fosse formado em direito na USP."

No mais, ainda prefiro o outro Barak: BARAK OBINA.

8 comentários:

Bruno Vox disse...

Fica até chato concordar contigo mais uma vez, mas vou ter que fazer esse "sacrificio".

Talvez, o governo republicano seja melhor do que um democrata para o Brasil, os democratas são muito protencionistas e isso pode prejudicar o comercio brasileiro.

O Congresso em sua maioria também é democrata e em se tratando de comércio o Congresso americano tem voz mais forte.


Obama é uma pessoa comum, ao contrário de alguns que veêm em Barack um tipo de messias ou até mesmo o anti-cristo.

Ele não vai mudar o mundo e eu tenho medo que a crise fique muito forte nesses dois anos seguintes e afete a mascara que criaram para o Obama. Ele está parecendo héroi em quadrinhos, tomará que essa super esperança não se transforme em uma gigantesca frustração.

O que pode mudar é a politica exterior, mas infelizmente as cagadas de Bush são feridas que demoraram a ser curadas.

Bruno Vox disse...

Peço licença para uma correção:

*É DEMORARÃO em vez de demoraram.

QUEIROZ-São Gonçalo-RJ disse...

Eu ouvi o Boris Casoy dizer a mesma coisa. Eu acho que por os Estados Unidos ter esse histórico da luta dos direitos civis pelos negros, e o pouco que li sobre o cidadão, acho que ele não vai ficar só na cachaça e no churrasco, se é que vc me entende. O que ele passa é essa impressão positiva, não por ser negro que foi injustiçado, tereréu, não por isso, mas pelo seu passado e demonstrar que chegou por esforço, e não por ser ex-soldado, não por ser filho de um ex-presidente. Falando do nosso Presidente, ele que está de um otimismo que não se pode crer. Será que ele pretende mudar para Cuba?

O Questão disse...

Só uma correção o que eles fazem com o milho não é bio-diesel é álcool. Chega a ser imperdoável você confundir diesel com álcool.

Jack disse...

Hahahaha faz sentido!!! É alcool! É alcool, porra! Bio-combustível e não bio-dísel!

Bruno Vox disse...

Fernando dá uma olhada nessa tirinha que montei sobre a eleição americana, baseado no seu texto.




http://balburdiasa.wordpress.com/2008/11/12/salvacao-norte-americana/


p.s: o site não oferece o recurso da acentuação.

raf_lisboa disse...

Grande texto Tucano...parece que grande parte dos veículos midiáticos querem isso mesmo que você citou, que Obama seja comparado ao Lula, que uma nova era se apraoximará...com certeza, não...
(Off-Megaboga Nerdcast 136...que maravilha..como é bom ouvir vocês falando bobagens...ou não!!!)E no mais...nada mais!!!

Tv Nerd disse...

Porra mas você que e o Presidente de uma nação, você tem que defender seu país seus interesses. por que senão o país não desenvolve.Certo. Isso não e só nos Estados Unidos , Sim em todos os países que tem governo democrático. Então os EUA invadi o Oriente Médio pra ficar com as riquezas naturais. Estão certos, por que se fosse outro país que tivesse seu poder bélico fazia a mesma coisa.

 
Clicky Web Analytics