terça-feira, 23 de setembro de 2008

Vazamento deixa "máquina do Big Bang" sem funcionar até 2009?

É tipo um autorama mesmo! A porra do carro sai da pista e tem que parar a corrida!

7 comentários:

lunatico87 disse...

olha lá hein... 2012 esse autorama vai explodir e daí fodeu!

Bruno Vox disse...

Que loucura, isso quer dizer que essa máquina não é tão segura assim.
Evitar vazamento deve ser uma questão primária, imagina os problemas mais complexos, com opor exemplo criar um buraco negro. Se lês não tem controle sobre um vazamento, imagina então com o resto...

Estou ficando com medo...

Guizaum disse...

Pois é cara, quebrou e incrivelmente, nenhum cientista morreu, pois se fosse eu que tivesse investido 4bilhoes de euros, já tinha mandado matar todo mundo naquela joça! huauhaahu

Fred disse...

Repetindo o que disse anteriormente:

Alguém poderia me descolar um pé-de-cabra e o telefone do Gordon Freeman?

Cachorrão disse...

'O lado bom é que sistema de proteção funciona' - falou o tal do Evans. Lyn Evans, chefe de projeto do Grande Colisor de Hádrons (LHC), o superacelerador de partículas da Organização Européia para a Pesquisa Nuclear (CERN).

Tsi...

Agora penso com os meus botões nas seguintes hipóteses:

1)Hipótese "otimista".

Tudo é novo no projeto.

Eles estão implementando somente coisas novas. Manuseando equipamentos que não tem certeza das conseqüências do uso incorreto, por exemplo.
Será que todo o projeto está se desenrolando neste sentido? Os diversos sistemas que devem compor o superacelerador LHC, já foram testados?
Que tipo de validação dos equipamentos foi realizada?
Está validação apresenta que grau de segurança?


2)Hipótese pessimista.

Ou será que este acidente foi inventado para cobrir algo pior. Não há vazamento. E sim deu tudo errado e está todo mundo “fodido” (todo o planeta)?

3)Hipótese realista.

Ou agora vão realizar procedimentos-chave com alto grau de na importância e perigo para o ambiente em volta (todo o imenso ou minúsculo universo).
E agora é que vem a "parada sinistra" deste experimento físico.
E para que todas as atenções não estejam voltadas para este momento crucial, inventaram isso.
- Só o ano que vem agora gente!

Evitando assim pânico generalizado.

Parece filme essa porra!

Cachorrão disse...

'O lado bom é que sistema de proteção funciona' - falou o tal do Evans. Lyn Evans, chefe de projeto do Grande Colisor de Hádrons (LHC), o superacelerador de partículas da Organização Européia para a Pesquisa Nuclear (CERN).

Tsi...

Agora penso com os meus botões nas seguintes hipóteses:

1)Hipótese "otimista".

Tudo é novo no projeto.

Eles estão implementando somente coisas novas. Manuseando equipamentos que não tem certeza das conseqüências do uso incorreto, por exemplo.
Será que todo o projeto está se desenrolando neste sentido? Os diversos sistemas que devem compor o superacelerador LHC, já foram testados?
Que tipo de validação dos equipamentos foi realizada?
Está validação apresenta que grau de segurança?


2)Hipótese pessimista.

Ou será que este acidente foi inventado para cobrir algo pior. Não há vazamento. E sim deu tudo errado e está todo mundo “fodido” (todo o planeta)?

3)Hipótese realista.

Ou agora vão realizar procedimentos-chave com alto grau de na importância e perigo para o ambiente em volta (todo o imenso ou minúsculo universo).
E agora é que vem a "parada sinistra" deste experimento físico.
E para que todas as atenções não estejam voltadas para este momento crucial, inventaram isso.
- Só o ano que vem agora gente!

Evitando assim pânico generalizado.

Parece filme essa porra!

Lúcio N. disse...

O vazamento foi causado por um mecânico da Ferrari.

 
Clicky Web Analytics