segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Troféu Julio Iglésias da Dramaturgia Brasileira


Esse é o primeiro post de uma série de duelos da dramaturgia brasileira. Para começar, nossa primeira disputa é para definir quem é o maior pegador do Brasil. Nada de Marcus Pasquim, ou Humberto Martins. Estamos falando aqui de profissionais de longa data. Também não se trata de Tarcísio Meira, ou Francisco Cuoco, pois estamos lidando com quantidade e não com classe. O troféu Julio Iglesias está entre dois ícones incontestáveis:

José Mayer Drumond

José Mayer, nasceu em Jaguaraçu, a 3 de outubro de 1949 (59 anos). É casado com Vera Fajardo desde 1975 e têm uma filha chamada Júlia, nascida em 1984, e que é atriz de teatro. Nada disso impede nosso concorrente de ter pegado centenas de mulheres nas novelas da Globo. Apesar de ser velho, feio e nanico, Zé Mayer possui uma estratégia vencedora que consiste em ser amigo de Manoel Carlos, que sempre tem um papel de comedor para aquelas novelas que são sempre iguais. Vamos ao currículo por novela:

A Favorita (2008) - Giulia Gan, Juliana Paes e Cláudia Raia.
Páginas da Vida (2006) - Regina Duarte, Natalia do Vale e Danielle Winits
Senhora do Destino (2004) - Suzana Vieira e Marília Gabriela
Mulheres Apaixonadas (2003) - Christiane Torlone, Carolina Kasting, Cris Bona
Presença de Anita (2001) - Mel Lisboa e Helena Ranaldi
Laços de Família (2000) - Vera Fischer, Helena Ranaldi e Debora Secco
Meu Bem Querer (1998) - Ângela Vieira
A Indomada (1997) - Adriana Esteves
História de Amor (1995) - Lilia Cabral, Regina Duarte e Carolina Ferraz
Pátria Minha (1993) - Patrícia Pillar e Vera Fischer
De Corpo e Alma (1992) - Maria Zilda Bethlem
Meu Bem, Meu Mal (1990) - Luma de Oliveira, Silvia Pfeifer, Adriana Esteves e Françoise Furton
Tieta (1989) - Betty Faria e Luiza Tomé
Fera Radical (1988) - Malu Mader e Carla Camurati
A Gata Comeu (1985) - Debora Evelyn
Partido Alto (1984) – Beth Faria

Fazendo um balanço, apuramos que o dito cujo agarrou cerca de 30 mulheres e apesar de ter na lista barangas como Regina Duarte e Marília Gabriela, Zé Mayer emplacou nada menos do que 13 capas de Playboy, além de Suzana Vieira, que posou nua para a revista Status Plus (1.981) e outras que não tiraram a roupa, mas foram convidadas inúmeras vezes (caso de Helena Ranaldi e Malu Mader).


Antonio Renato Aragão

Mais conhecido como Didi Mocó, Renato Aragão é mais baixo, mais velho e mais feio que José Mayer. Mesmo assim é um pegador de primeira. Nascido em Sobral, em 1935, Didi tem sue ponto forte nos filmes dos Trapalhões. Sua tática é mais apurada que a de José Mayer. Ao invés de ser amigo do escritos, o próprio Renato Aragão escreve os roteiros de seus filmes, que sempre incluem beijos em beldades:

O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili (2006) – Vera Holtz
Uma escola atrapalhada (1990) – Christina Prochaska
Didi - O Caçador de Tesouros (2006) – Grazielli Massafera P
O Trapalhão e a Luz Azul (1999) – Adriana Esteves
Os Trapalhões na Terra dos Monstros (1989) - Vanessa de Oliveira
Didi Quer ser Criança (2004) – Fernanda Lima
Os Trapalhões e a Árvore da Juventude (1991) – Cristiana Oliveira P
O Mistério de Robin Hood (1991) – Xuxa
A princesa Xuxa e os Trapalhões (1990) – Xuxa P
O Casamento dos Trapalhões (1988) – Nádia Lippi P
Os Heróis Trapalhões – Uma Aventura na Selva (1988) – Luma de Oliveira P
Os Trapalhões e o Rei do Futebol (1986) – Luiza Brunet P
O Cangaceiro Trapalhão (1983) – Bruna Lombardi P

Isso porque ele pinta o cabelo de acajú!!! Totalizamos, pelo menos, 7 capas de playboy (entre elas Xuxa e Luiza Brunet), além de algumas das mais cobiçadas mulheres do brasil, como Fernanda Lima e Cristiana Oliveira entre outras. Simplesmente Fantástico!

Decida quem deve levar o prêmio. Vote nos comentários!!!

12 comentários:

J.R. disse...

Didi Mocó Sonrisol Colesterol...

J.R. disse...

Didi Mocó Sonrisol Colesterol...

Bruno Vox disse...

Eu voto no JOSÉ MAYER, o cara que pegou a ninfetinha Anita merece meu respeito.

Luiz Felipe disse...

Páreo duro, mas quem ganha é o Didi

Lúcio N. disse...

Eu voto no Didi. Ate porquê em muitos dos filmes citados, além dele pegar a mulherada, ele ainda arranjava amigas delas para seus parceiros, que de galãs nada tinham: um cigano looser, um negão trêbado e um baixinho careca.

COISA DE PROFISSIONAL.

lunatico87 disse...

voto no didi!!! vamo lá meu filho!

Vagner "Zero" disse...

Caraca. O Didi fechou na Prochaska! Eu voto nele.

rachakuka disse...

José Mayer...
Em quesito qualidade, o José Mayer ganha fácil...
Malu Mader, Juliana Paes, Mel Lisboa, Helena Ranaldi...
Só por essas já merece muito respeito!

Geek.Lh3Rm3 disse...

Didi Ganha na estratégia \o)

F. Prieto disse...

Zé!
ele fez cenas onde pode se aproveitar mais das tetas das mulheres.

é isso.

Fred disse...

Tá, eu tô atrasado mas eu tô voltando! :)

Bem, meu voto vai pro Didi porque ele pegou a Deusa Luma de Oliveira antes e vale mais quem chega lá primeiro.

Mônica Dias disse...

Que eu saiba o Didi é um dos primeiros filhos do Zé Mayer! Não podem concorrer na mesma categoria!

 
Clicky Web Analytics