quarta-feira, 28 de maio de 2008

Sobre as suas dicas S:

S, como não sei seu e-mail, vou postar aqui minha resposta. Antes de tudo, obrigado pelas dicas. Vou tentar explicar o meu ponto de vista sobre algumas coisas que você enxerga como erro literário:

1. A onisciência de Ezekiel: Acho que está claro que o rapaz está contando suas memórias. Nesse caso ele pode misturar informações que ele soube depois e as que ele soube na hora do fato. Creio que fica nítido para o leitor isso. Isso pode ser encontrado na trilogia Crônicas de Athur, de Bernard Cornwel, onde Derfel conta inclusive coisas que ele não participou. Justamente aí é meu álibe: Ezekiel não é escritor profissional.

2. A genialidade de Ezekiel: Em momento algum eu escrevi que o Ezekiel bateu os olhos na moto, por exemplo. Ninguém precisa ser gênio para saber a cilindrada de uma moto, ou o calibre de uma arma. Clique na imagem e note que a cilindrada vem escrita na "saia" da moto (isso é extremamente comum em motos).
Uma HKMP5 é inconfundível (principalmente para algum garoto que tenha jogado Couter Strike ou algo do gênero) e talvez não tenha passado pela sua cabeça que Ezekiel já tivesse visto e até atirado com uma. Além do que, você está imaginando que do tempo que ele viveu o fato e o que ele escreveu suas memórias, ele nunca mais tenha visto as armas ou a moto.
Veja como ela é bem diferente de outras sub-metralhadoras, como a Uzi, por exemplo.

3. Dicas gramaticais: Muito bom! Dessa parte não tenho o que falar. No máximo é dizer que eu escrevo isso no intervalo de tempo entre meus 3 empregos. Mas isso não desculpa e é sempre bom aprender um pouco mais.

4. Inconsistência de Ezekiel: Eu passei 8 meses sem poder beber cerveja. Nem por isso deixei de falar sobre cerveja. Hoje eu posso muito bem falar para você que fiquei sem beber cerveja, mesmo se estiver com uma caneca cheia na mão. Veja, ele estava escrevendo sobre cerveja (Sean e Javier bebendo) e lembrou-se que a cerveja irlandesa é muito melhor do que a americana. Inconsistente seria se ele escrevesse sobre cerveja e lembra-se de tubaina.

Os carros de Sean: Não disse que Sean não tinha carros perto de casa. Ele era dono de uma parte grande da cidade, onde ele "reinava". O local é um dos lugares onde ele guarda seu carro. Pode não ter ficado claro e isso é uma dificuldade quando se escreve para a web. Não posso detalhar tanto quanto gostaria.

Ezekiel, 25/17: Eu não sei se você gosta de Tarantino, ou se apenas passou despercebido. O trecho não era da Bíblia. O trecho era do filme Pulp Fiction. Você verá que Javier é um cinéfilo. Eu por exemplo não falo inglês, mas costumo gritar um trecho de Brave Heart inteiro ("for one chance, just one chance, to come back here and tell our enemies that they may take our lives, but they'll never take... OUR FREEDOM!!), apenas porque sou fã do filme.

Para finalizar, eu agradeço de verdade a sua boa vontade em dar dicas em uma área que você domina. Porém, gostaria de salientar que não sou, e nem tenho pretensão de ser um escritor. Eu escrevo por hobbie e não me importo se meu texto é raso, ou tem inconsistência literária. O que eu me importo de verdade é que as pessoas se divirtam. Aliás, é assim em quase tudo o que eu faço amadoristicamente. Eu toco guitarra (muito mal, diga-se), mas a galera se amarra e sempre que eu toco, tem muita gente querendo ver. Inclusive pessoas que tocam muito melhor do que eu! Eu desenho um pouco (tão mal quanto toco guitarra), mas a galera sempre pediu para eu fazer tiras, charges e HQs, porque as pessoas se divertem, ao invés de procurar erros de proporção, traço, perspectiva.

Pense no Sitala como diversão. Se tem gente lendo e gostando, alguma coisa de bom deve ter. Eu sei que para uma pessoa que estuda literatura deve ser duro ver algo tão primário agradar (tipo Paulo Coelho, mas sem os milhões de livros vendidos). Mas não pense que as pessoas gostam porque são ignorantes. Talvez sua mente esteja muito estreita e crítica por causa do seu foco na perfeição.

Abraço.

4 comentários:

Jack disse...

Antes que você fique nervoso, saiba que os comentários precisam ser autorizados nesse blog. Fica frio que não vou limar! Isto é, se não for ofensivo e ignorante. hehehehehe

Baylor D. ( a.k.a. João Gilberto ) disse...

uiiiiiiiiii

cada dia que passa fico mais fã de vc cara....hahahah

muito bom

S disse...

Como minha resposta ficou grande outra vez e eu não quero arrebentar com seus comentários (nem com sua paciência), eu novamente uploadei e deixei o link no nick =]

E não precisa tanta defensiva, certo? =]
Eu sei que os comentários no JN foram apagados porque eu dividi em 3 posts e um deles passou pelo filtro de extensão, sumindo em seguida, concomitantemente ao comentário do Azaghâl ;]

Espero ter ajudado ^^

Azaghâl, o anão disse...

Idiotas assinam com uma letra só. É batata!

 
Clicky Web Analytics