segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Corrida Maluca

Depois de trambiques, politicagens e negócios, temos um parecer final sobre a F1 2007:


Hamilton: Eu torci para ele vencer para que o Alonso não fosse o mais jovem campeão da história da F1. Eu torci para ele para que o Galvão queimasse a língua e tivesse que engolí-lo como um grande piloto desde já. Eu torci por ele para que ele fosse melhor que o Senna e acabassem com essa merda de idolatrar um garoto mimado. Mas não dá para torcer para um CABAÇO, porque o cabaço tem mais é que se foder. Estava com a faca e o queijo na mão e tremeu tanto que deixou tudo cair no chão.




Alonso: O mau caráter também não podia vencer. O cara além de roubar informações da Ferrari, caguetou a equipe e não foi penalizado. Tinha que se fuder aqui no Brasil, só para ficar mais divertido.

Raikkonen: Depois de se fuder tanto, ele até que merecia ganhar uma. Espantou o estigma de azarado, mas fez jus ao apelido de Iceman. A bem da verdade, a corrida e o campeonato foram dados para ele por Felipe Massa, que fez seu papel direitinho. E podem ficar de boa, porque ele não vai ficar com fama de PERDEDOR, porque nessa situação, essa era a coisa certa a se fazer. No ano que vem pode ser ele a precisar de uma forcinha da escuderia.


Barrichelo: Está em seu lugar de direito. A Honda Team é uma das piores equipes da F1(só Super Aguri e Spyker conseguiram ser piores), ele não fez nenhum ponto enquanto seu companheiro Jason Button fez 6 pontos e para completar o motor explodiu no GP do Brasil. E o cara ainda diz que é melhor piloto do que pai. Os filhos dele serão marginais, porque se ele diz a verdade, é um péssimo pai.

2 comentários:

Tekoz disse...

o inesperado aconteceu nessa corrida, mas o Hamilton, não merecia ter ganho mesmo, ele ainda tem que ganhar mais experiência na F1..

M disse...

Quanto ao Hamilton, ainda vale o velho dito: Se você não é capaz de aguentar o calor, fique fora da cozinha.

Entregou.

Peidou.

Arregou.

E me deixou rindo aqui, de todos aqueles que achavam ele a sensação, o sangue novo, que queriam a volta do Schumacher prá ver um duelo de mestres, trá-lá-lá.

No fim, só sobrou ao "aspira" um adaptação da famosa frase do tal Capitão Nascimento;

"Tira essa roupa preta, porque você é moleque".

 
Clicky Web Analytics